quarta-feira, 17 de agosto de 2011

CERRO CORA

O POVOADO DE CERRO CORA CONQUISTOU A CONDIÇÃO DE DISTRITO EM 31 DE OUTUBRO DE 1938, PELO DECRETO N] 603 E DE CIDADE EM 11 DE DEZEMBRO DE 1953, CUJO MUNICÍPIO FOI DESMEMBRADO DO DE CURRAIS NOVOS E INSTALADO NO DIA 9 DE JANEIRO DE 1954

domingo, 13 de junho de 2010

HISTÓRIA DE CERRO CORÁ - RN

Os índios Canindés e Janduís, os primeiros habitantes da localidade, começaram uma sublevação no final do século XVII, e uma expedição dirigiu-se à região com o objetivo de reprimir o levante. Mas os grupos de povoamento só chegaram à localidade com a fixação de colonizadores, apenas no século seguinte, dedicados à agricultura e à pecuária.

A primeira proprietária de terras na localidade foi Adriana de Holanda Vasconcelos, que no ano de 1764 recebeu duas Datas de Terras. Dona Adriana doou parte da serra que ficava em suas terras a Nossa Senhora Santana, surgindo o nome Serra de Santana.

Nos idos de 1886, o Major Lula Gomes, paraibano de Picuí, proprietário da localidade chamada de Barro Vermelho, fundou o povoado de Caraúbas, nome dado em referência à existência de carnaubeiras nas redondezas. Com o incentivo inicial de Lula Gomes, o povoado se desenvolveu com o importante trabalho de Manoel Salustino Gomes de Macedo, João Soares de Maria, João Pinto, Manoel Osório de Barros e Tomaz Pereira de Araujo, sendo que este último desenvolveu a cidade até esta chegar a categoria de cidade.

A primeira residência que se tinha noticia era a de Gracindo Deitado, onde hoje existe uma loja de eletrodomésticos, na rua Sérvulo Pereira, centro. O primeiro nome do povoado foi Barro Vermelho, se assim dizia porque os vaqueiros que ali passavam ficavam com as roupas tingidas pelo barro daquela cor. Depois, o povoado se chamou Caraúbas, tendo passado a ser chamar Cerro Corá para não ser confundido com o município homônimo da região Oeste do Rio Grande do Norte.

Em homenagem ao último momento histórico da Guerra do Paraguai, o Presidente da Intendência de Currais Novos, João Alfredo Galvão, o Joca Pires, no ano de 1922, mudou o nome do povoado para Cerro Corá, passando a distrito do município de Currais Novos em 1938, pelo Decreto número 603.

No dia 11 de dezembro de 1953, através da Lei número 1.031, desmembrado de Currais Novos, o distrito de Cerro Corá passou à categoria de município do Rio Grande do Norte. O então deputado estadual Cortez Pereira foi o autor do projeto de lei de emancipação política do município, depois sancionada pelo então governador Sílvio Pedrosa.

Prefeitos municipais: Sérvulo Pereira de Araújo, Benvenuto Pereira de Araújo, José Walter Olímpio, Manoel Antunes, José Julião Neto, Virgilio Tavares, Francisco Pereira de Araújo, João Batista de Melo Filho, José Amaro, Raimundo Soares de Brito, Clidenor Pereira de Araújo Filho e Raimundo Marcelino Borges.

João Batista de Melo Filho exerceu quatro mandatos de Prefeito municipal, enquanto Sérvulo Pereira exerceu dois mandatos. José Julião Neto exerceu o cargo por sete meses, em 1971, em decorrência do afastamento de Manoel Antunes, de quem era vice. Virgilio Tavares foi nomeado interventor, a fim de evitar que Manoel Antunes voltasse a ocupar o cargo. Coisas da ditadura militar, que não efetivou o vice-prefeito eleito constitucionalmente. José Walter Olímpio também era vice-prefeito e assumiu o cargo em face da morte, no exercício do mandato, do prefeito Benvenuto Pereira. Clidenor Filho,neto de Tomaz Pereira, trouxe para a cidade um grande desenvolvimento, herdando do avô, a veia política.

Cerro Corá tem um potencial ainda não descoberto para o turismo, com um clima bastante frio e paisagens bonitas, serve de nascente para o rio mais importante do estado, o rio Potenji. Todo mês de Maio, é realizado um grande festival cultural, o "Festival de inverno", onde este reverencia o que a cidade tem de mais atraente: o frio da serra.

FONTE - WIKIPÉDIA

RAIMUNDO MARCELINO BORGES

Raimundo Marcelino Borges, natural de Cerro Cor-a-RN, nascido a 11 de setembro de 1960, atual prefeito, eleito em 5 de outubro de 2008 e tomou posse no dia primeiro de janeiro de 2009

DR. MACEDO - VICE PREFEITO DE CERRO CORÁ

DR. FRANCISCO FERNANDES DE MACEDO, natural de Jardim de Angicos, nascido a 28 de fevereiro de 1948



PREFEITOS DE CERRO CORÁ - RN

1º PREFEITO:
CAPITÃO SEVERINO BEZERRA DE ANDRADE (Prefeito nomeado)
Empossado em: 30 de janeiro de 1954.
Depois da Lei nº 1.031 de 11 de Dezembro de 1953, foi nomeado um prefeito para presidir os destinos de Cerro Corá. Tal como previa o Decreto-Lei, o novo município seria governado por um prefeito escolhido pelo Governador do Estado até haver ali eleições para prefeito, vice-prefeito e vereadores de modo institucional
2º PREFEITO:
SÉRVULO PEREIRA DE ARAÚJO (Primeiro prefeito constitucional)
Vice - prefeito: José Justiniano de Melo
Empossado em: 02 de março de 1955.
Sérvulo Pereira já era chefe político de grande projeção em toda a região, mesmo antes de eleger-se prefeito desta cidade. Filho expoente da tradicional família Pereira de Cerro Corá e industrial, tinha empreendido muitos progressos na localidade. Foi um dos homens mais abastados do seu tempo.
3º PREFEITO:
BEVENUTO PEREIRA FILHO
Vice - prefeito: José Walter Olímpio
Empossado em: 31 de Janeiro de 1960.
O Prefeito Bevenuto pereira era tio de Sérvulo Pereira, e dava assim consistência à oligarquia da família Pereira em Cerro Corá. No entanto faleceu na cidade de Natal em 24 de Julho de 1960, antes de encerrar essa administração.
4º PREFEITO:
JOSÉ WALTER OLÍMPIO
Empossado em: 25 de Julho de 1960.
O Sr. José Walter Olímpio assumiu a Prefeitua de Cerro Corá no mesmo ano de 1960, para concluir o mandato do Prefeito Bevenuto Pereira Filho. O mesmo concluiu sem mais imprevistos sua admnistração.
5º PREFEITO:
SERVULO PEREIRA DE ARAÚJO
Vice - prefeito: Francisco Pereira de Araújo
Empossado em: 31 de janeiro de 1965
Era candidato a vice-prefeito pela chapa de Sérvulo Pereira, o Cel. Severino Bezerra de Andrande. Mas uma divergência de família mudou o rumo de sua eleição. Francisco Pereira, irmão de Sérvulo Pereira, em protesto candidata-se a vice - prefeito e ganhou a eleição para este posto por 54 votos.
6º PREFEITO:
MANOEL ANTUNES DE MELO
Vice - prefeito: José Julião Neto
Empossado em: 31 de Janeiro de 1966.
O Sr. Manoel Antunes de Melo candidatou-se à Prefeitura de Cerro Corá por intermédio de Sérvulo Pereira. Ele era pouco conhecido e não tinha vínculos com a cidade. Em decorrência dos desmandos dessa administração, decretou-se uma intervenção do Governo do Estado no município. Isto se deu após ouvirem o Tribunal de Contas. Era Governador o Dr. Cortez Pereira, primo de Sérvulo Pereira.
Para substituir esse prefeito nomeou-se o Major PM Virgílio Tavares da Silva, o qual assumiu o cargo em 29 de Julho de 1972.
7º PREFEITO:
FRANCISCO PEREIRA DE ARAÚJO
Vice - prefeito: Lourival Bezerra da Costa
Empossado em: 31 de Janeiro de 1973.
O Prefeito Francisco Pereira (Pereirão) era filho do Cel. Thomaz Pereira e irmão de Sérvulo Pereira. Nasceu em 10 de outubro de 1915, casando-se em 1938 com a Srª. Elza Batista Pereira.
Concluiu com bom êxito essa administração política.
Acometido por uma insuficiência cardiáca, faleceu em sua residência na Rua Sévulo Pereira 111, no dia 06 de Dezembro de 1984.
8º PREFEITO:
JOÃO BATISTA DE MELO FILHO
Vice - prefeito: José Rodrigues dos Santos
Empossado em: 31 de Janeiro de 1977.
Eleito pelo MDB em 15 de novembro de 1976. Era a primeira vez que a oposição vencia em Cerro Corá. Quebrava-se em João Batista a hegemonia política da oligarquia Pereira. A partir daí João Batista inauguraria uma série inimaginável de recordes, entrando para a história de Cerro Corá como um de seus maiores líderes políticos.
9º PREFEITO:
JOSÉ LUIZ DE AZEVEDO
Vice - Prefeito: José Albino de Assis
Empossado em: 01 de Fevereiro de 1983.
José Luiz de Azevedo eleito pelo PMDB, esteve a frente dos destinos de Cerro Corá até 31 de dezembro de 1988.
10º PREFEITO:
JOÃO BATISTA DE MELO FILHO
Vice - prefeito: Lourival Pereira da Silva
Empossado em: 01 de Janeiro de 1989.
Eleito prefeito pela segunda vez, ficou à frente da Prefeitura até 31 de dezembro de 1992.
11º PREFEITO:
RAIMUNDO SOARES DE BRITO
Vice - prefeito: Clidenor Pereira de Araújo
Empossado em: 01 de Janeiro de 1993.
Dividiu a sua administração com o Sr. Clidenor Pereira de Araújo, sendo ambos do PDS, este último filho da tradicional família Pereira.
12º PREFEITO:
CLIDENOR PEREIRA DE ARAÚJO
Vice - prefeito: Edna Maria Pereira de Lira
Empossado em: 01 de Janeiro de 1997.
Voltava a governar Cerro Corá um legítimo filho da tradicional família Pereira. O prefeito Clidenor Pereira era do PPB.
A dramática ruptura entre ele e sua vice, deu início a um momento histórico de conflitos e protestos em todo município
13º PREFEITO:
JOÃO BATISTA DE MELO FILHO
Vice - prefeito: Ana Maria da Silva
Empossado em: 01 de Janeiro de 2001.
Nas eleições de 2000, "Joãozinho", como é popularmente conhecido, voltaria a ser prefeito de Cerro Corá. Teve maioria esmagadora em todas as urnas. Foi a vitória mais glamorosa que a cidade conquistou desde sua emancipação dada em 1953.

Natural de Cerro Corá-RN, nascido a 12 de outubro de 1946, filho de João Batista Melo e de Cícera Bezerra de Melo. Casado com TEREZINHA MATILDES DE ARAÚJO e pai de três .

JOÃO BATISTA DE MELO FILHO - EX-PREFEITO

Natural de Cerro Corá-RN, nascido a 12 de outubro de 1946, filho de João Batista Melo e de Cícera Bezerra de Melo. Casado com TEREZINHA MATILDES DE ARAÚJO e pai de três . Esta no seu quarto mandato



INFORMAÇÕES DE CERRO CORÁ

hspace=0 CARACTERÍSTICAS

Clima

Temperado e frio

Temperatura Média

27,6 °C

hspace=0 COMO CHEGAR

Localização

Serra de Santana

Limites

Norte – Santana do Matos, Bodó, Lajes e Fernando Pedroza
Sul – Currais Novos
Leste – São Tomé
Oeste –Lagoa Nova e Bodó

Acesso Rodoviário

BR-226

Distâncias

180 km da Capital

hspace=0 TURISMO

Cerro Corá tem um potencial ainda não descoberto para o turismo, com um clima bastante frio e paisagens bonitas, serve de nascente para o rio mais importante do estado, o rio Potengi.

Principais Pontos Turísticos

Escorrego

Cruzeiro

Açude

hspace=0 EVENTOS


- Festa do Padroeiro da cidade - São João Batista.

- Vaquejada.

Maio

- É realizado um grande festival cultural, o Festival de inverno, onde este reverencia o que a cidade tem de mais atraente: o frio da serra.

FONTE - SITE DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CERRO CORÁ

Quem sou eu

Minha foto
Sou o subtenente PM/RN JOSÉ MARIA DAS CHAGAS, natural de Mossoró-RN, pai de quatro filhos e que tem como base principal de vida:AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS" e AMAR AO PRÓXIMO COMO AMO A MIM MESMO"; ÃLÉM DE SER HUMILDADE E ATÉ A PRESENTE DATA NUNCA ECONOMIZEI UM GOTA DE HONESTIDADE. TENHO A MANIA DE ESCREVER, ESCREVER, ESCREVER, DE LER, LER, LER; DE PESQUISAR. COM CINCO BLOGS NA REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES, CUJA META FINAL É DE CHEGAR AOS 7 BLOGS E 400 LINKS. SOU 95 POR CENTO TORCEDOR DO BARAÚNAS, O MAIS QUERIDO DE MOSSORÓ E 5 POR CENTO FLUMINENSE.